Post Image


A arte do Feng Shui trabalha a relação entre o ser humano e os ambientes onde ele circula e a energia que interage com ambos. Ela busca a harmonização dos espaços, tendo como objetivo melhorar a energia vital das pessoas e dos locais. 

A técnica, de origem oriental, pode ser aplicada no design de interiores através das cores e texturas do ambiente, formas e disposição de móveis, iluminação e circulação e na relação da posição de entradas (de luz e pessoas) em relação ao exterior. As técnicas sempre seguem a máxima de deixar o espaço harmonioso e equilibrado. Em uma época em que estamos passando mais tempo em casa do que nunca, decidimos listar aqui algumas dicas para colocar o Feng Shui em prática. Confira: 



Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Luz e Ar

Monte ambientes que favoreçam a entrada de ar e luz. Essa combinação sempre traz boas energias.  É ideal que o ambiente favoreça a “troca de ar”, pelas aberturas. Mas fique atento às correntes fortes: uma casa varrida pelo vento, de uma porta à outra, por exemplo, também não guarda as boas energias. Invista em barreiras sutis, como cortinas e persianas.

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Organização

Desordem impede que a energia flua. Um ambiente limpo e organizado é um bom local para respirar e descansar a cabeça. A maior parte das bagunças é feita de coisas desnecessárias. E o que você só guarda, mas não ocupa, significa energia estagnada, um incômodo.

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Espaços Vazios

Decore esses espaços com elementos naturais, como as plantas. Elas melhoram a energia e deixam o ambiente mais relaxante. 

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Posição de Comando

Assim como a ponta da mesa cria a hierarquia entre pais e filhos, a posição dos móveis tamb´ém ajuda a firmar posições de comando. Cama, sofás e mesas de escritório devem estar de frente para a porta principal e encostados em paredes sem janelas, para garantir uma visão ampla e a sensação de controle.   

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Entrada

Invista em um ambiente bem iluminado e limpo. Complete a decoração com plantas, objetos que evidenciam seu prazer em receber as pessoas. Atenção ao mito do espelho: tê-lo na porta de entrada não afasta as más energias, como dizem. O reflexo também não deixa que as boas entrem. Utilize, mas não refletindo diretamente quem chega.

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Cozinha

É na cozinha que está um dos principais elementos que representam prosperidade na casa: o fogão. Tanto ele como o restante do ambiente devem estar sempre limpos e organizados. Complete o cômodo com uma decoração colorida e boa iluminação. Nas técnicas antigas de Feng Shui, costumava-se usar espelhos para “duplicar” a fartura representada no fogão. Quer usar superfícies reflexivas, em móveis ou eletro na cozinha? Aproveite a oportunidade e faça refletir o fogão.
Cuidado com o lixo: além de esvaziá-lo regularmente, é importante não usá-lo próximo ao fogão ou sob a bancada onde se prepara os alimentos.

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Sala

Esse ambiente convida à interação com a família ou amigos, por isso, escolha cores que transmitam o sentimento de tranquilidade. Posicione o sofá próximo da parede para que o campo de visão fique aberto. 

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Quarto

Por ser um dos cômodos mais frequentados da casa, merece atenção especial. Evite que o ambiente fique desorganizado e com objetos que não fazem parte do quarto. Prefira que a cabeceira da cama não fique próxima às janelas e que não tenha prateleiras em cima da cama. O sono também é mais tranquilo quando nenhum espelho do quarto reflete diretamente quem dorme.

Feng Shui: como aplicá-lo à sua casa

Banheiro

O banheiro não é um ambiente bom quando o assunto é energia positiva. Mas para estabilizar as energias do local, decore com plantas naturais, flores brancas, ervas e vasos com terra. Mantenha a tampa do vaso sempre fechada. O banheiro é um bom espaço para ilustrar uma receita infalível do Feng Shui: limpeza e organização têm tudo a ver com o bem-estar!

Próx
Marcenaria com tecnologia de indústria: conheça a forma Sandrin de projetar