Sandrin Planejados

blog

Tendência de Milão para cozinhas: estilo industrial

A mostra Eurocucina, integrante do Salão Internacional do Móvel de Milão, consolidou o estilo cozinha living com acabamentos sofisticados e mistura de materiais. A sofisticação chegou ao estilo industrial com acabamentos finos, como nesta proposta da Snaidero. Já faz tempo que a cozinha deixou de ser um cômodo escondido, para protagonizar as áreas sociais e agregar as pessoas em torno do fogão e da mesa farta. Isso integra o conceito da cozinha living, que não é necessariamente uma novidade, mas virou tendência e ganhou uma cara. Na mostra bienal Eurocucina, parte do Salão Internacional do Móvel de Milão, as marcas apostaram em massa na estética industrial sofisticada e pontuada por novidades tecnológicas e nos acabamentos. Cozinha da Bellagio combina móveis em cores sóbrias e com pegada industrial. Detalhe para as estantes aéreas feitas em metal. Fotos: Divulgação A linguagem fabril é marcada pelos nichos e estruturas metálicas aparentes, como se as estantes da sala tivessem ido para cozinha para facilitar a vida e deixar tudo ao alcance da mão. Destaque para a mistura de materiais, principalmente madeira clara e alumínio, acabamentos em laca branca ou colorida e pedra. Difícil encontrar um espaço todo feito só com uma textura, origem ou cor. As cozinhas tornaram-se mais essenciais e eliminaram alguns excessos. Os armários adotaram linhas puras e racionais, bastante minimalistas, e tamponamentos cada vez mais finos e compartimentados para esconder os aparelhos, as louças e afins em propostas mais clean. Proposta da Stosa mistura madeira com acabamento natural e laca branca. O desenho é limpo e com linhas retas. Definitivamente a mostra de 2016 esteve longe de apresentar peças e conceitos revolucionários, mas buscou a perfeição estética e a proposta de customização, reforçada na grande variedade de acabamentos e materiais. Leia mais: Pinterest lista tendências 2016 para a casa Ilumine seus móveis com fitas de led 8 ideias rápidas para transformar a sua cozinha Tecnologia Não tem meio termo. As cozinhas da hora deixam absolutamente tudo exposto ou tudo escondido. Nas poucas propostas que misturam as duas linhas, vê-se a tentativa de aproveitar cada centímetro com muita inteligência. Aí foi a vez de a tecnologia desdobrar os balcões com sistemas de deslizamento de última geração, portas automáticas, ferragens supermodernas e eletrodomésticos digitais. Na linha Atelier da Abimis o estilo industrial aparece na composição metal com tijolos aparentes. Detalhe para a mistura de madeira e couro na mesa e cadeiras. Tendências da Eurocucina A Eurocucina 2016, mostra bienal que integra o Salão Internacional do Móvel de Milão e é focada nos lançamentos para cozinha, apresentou móveis com alta tecnologia agregada e, ao mesmo tempo, estilo minimalista, sofisticado, mas que evidencia uma proposta despojada. Quando se fala em cozinha do futuro, pudemos perceber as seguintes tendências em Milão: Texturas: ênfase nas texturas, na mistura de materiais e na naturalidade. Elegante preto: a cor preta apareceu nas linhas de marcas badaladas. Carrega elegância, com variadas texturas e um toque sofisticado, urbano e industrial. Amadeirados escuros: eles estiveram por toda parte, muito naturais, tendendo para tons avermelhados e alaranjados. A madeira clara também apareceu, equilibrando com sobriedade chique os amadeirados escuros. Cinza: não há quem não se renda a este neutro, que veio em tons variados, atuando como base para a decoração, proporcionando liberdade na composição dos ambientes justamente por equilibrar a interação entre padrões e madeiras claras e escuras. Vidro: seja como frente do móvel ou em objetos de decoração, o vidro teve grande destaque. Apareceu com uma incrível variação de acabamentos, cores e texturas. Acabamentos foscos: o brilho foi menos visto em relação a tantas opções de acabamentos foscos. Estruturas afinadas: o afinamento da estrutura dos móveis, conferindo leveza e elegância às peças, foi uma marca na feira. Bronze: segue forte, assim como os demais efeitos metálicos, não com a mesma força da Eurocucina anterior, há dois anos, mas ainda uma opção expressiva nos projetos de cozinhas. Combinação de espessuras: há um trabalho refinado com microespessuras, usadas em diversos materiais, como chapa dobrada com painéis de madeira de espessura fina em conjunto às microespessuras dos tampos complementares nas cozinhas. Ferragens: elas são um show à parte, superpotentes e, por conta disso, é possível criar no mesmo ambiente espaços alternativos, no estilo de ilha, sem precisar de uma área muito grande. Outra tendência são as ferragens coplanares, aquelas em que a porta se esconde na lateral do móvel. E aí, se inspirou em alguma destas ideias?

Matérias

RELACIONADAS

acompanhe

seu pedido

Nosso compromisso com seubem-estar vai além de planejar ambientes. Com o sistema Compra Segura, você acompanha seu pedido onde estiver, pelo computador ou smartphone.

fechar